EMAGRECER COM CONSCIÊNCIA



Se o seu atual problema está relacionado ao excesso de peso, siga alguns conselhos e tire suas conclusões sobre o melhor caminho a seguir.

A base para que qualquer dieta tenha como resultado a perda de gordura corporal (e consequentemente de peso corpóreo) é
uma alimentação rica em frutas e legumes, adequada em carboidratos integrais (arroz, massa, pão, bolacha, cereais integrais) e em alimentos proteicos (carnes, ovos, leite e derivados) e pobre em gordura saturada (encontrada principalmente em alimentos industrializados).

Além disso, a forma como se encara a vida, as suas ações e as reações, são pontos importantes sobre os quais se deve pensar, para conseguir modificar hábitos alimentares e estilos de vida menos saudáveis, de forma consistente e duradoura.


1. Pense apenas em ser saudável.
Assim, não só terá um peso corporal mais adequado, como também será mais saudável, mais ativo e terá menos problemas de saúde, relacionados com o excesso de peso (problemas de ordem física e emocional). 
Tente construir hábitos saudáveis, examine os seus objetivos e descubra os melhores caminhos para alcançá-los. O ideal é solicitar auxílio de um especialista.

2. Escute o seu organismo, analise os seus sinais e não o sobrecarregue.

Não coma em resposta a um estímulo negativo, como quando está aborrecido, deprimido, estressado ou cansado. Tente preencher o “vazio” da carência com atitudes e não, com alimentos. 

Procure fazer um passeio com um amigo ou sozinho ou fazer outra atividade física, pois, se assim o fizer, será muito mais proveitoso e benéfico do que comer compulsivamente ou comer alimentos desaconselháveis. 

Dormir, ou simplesmente descansar, e ouvir uma boa música são também atitudes mais eficientes contra o cansaço e o estresse.

Não confunda fome com vontade de comer. A fome é fisiológica, ou seja, sinal do organismo de que necessita do alimento para a geração de energia, e a vontade de comer está, na maioria das vezes, relacionada a sentimentos ou pensamentos mal-entendidos ou indesejáveis.

Trabalhe o autoconhecimento.

Faça exames regulares.

3. Faça refeições pouco abundantes, com porções médias ou pequenas, e de forma mais fracionada.

Passar muitas horas sem comer fará com que você coma em excesso quando estiver à mesa.

Comece o dia com um bom e belo café da manhã, um pequeno almoço, faça pequenos lanches a cada 3 horas, entre as refeições principais, e termine o dia com um jantar leve.

Evite ficar sem comer por mais de 4 horas, assim estará estimulando (acelerando) o seu metabolismo.

4. Centre a sua alimentação em alimentos completos e integrais.

Os cereais integrais digerem-se lentamente, o que lhe dará uma sensação de saciedade durante mais tempo. Evite o pão branco, o arroz e massas brancas, pois alimentam menos e têm menos fibras.


Consuma abundantemente legumes de folhas verdes, além de vegetais coloridos, variando o máximo possível. Estes são alimentos ricos em vitaminas, minerais e fibras, o que favorece o fortalecimento do organismo e o funcionamento dos órgãos, além de combaterem o envelhecimento devido a suas propriedades antioxidantes.

Evite o consumo frequente de bolos e outros produtos muito açucarados ou ricos em gordura hidrogenada. 

A alimentação deve ser o mais natural possível. Evite alimentos industrializados.

5. Faça do exercício físico uma das prioridades da sua vida.


Se não pode frequentar uma academia com regularidade, procure alterar alguns estilos de vida diários: evite andar de carro sempre que for possível, saia para dar um passeio depois do almoço ou no fim do trabalho, enfim, mexa-se o mais que puder.

6. Esqueça a balança.

O peso flutua normalmente desde a manhã até o fim do dia, e de um dia para o outro. Aumentar de peso não significa que tenha mais gordura, pode ter havido um aumento de massa muscular, já que aumentou a sua atividade física, ou pode estar retendo líquido, ou pode...


O melhor é sentir e conhecer o seu corpo e estar atento às suas mudanças, atento às suas formas e à rigidez/aparência dos seus músculos. Foque na mudança de suas atitudes. Quando menos esperar, perceberá que, a partir de pequenas e consequentes mudanças, poderá obter e manter grandes resultados.

7. Seja realista e pense nos seus objetivos a longo prazo.

Não queira ficar com um peso muito inferior ao que tem, especialmente em pouco tempo. Não se pode emagrecer 5 quilos num dia, se levou meses ou anos para ganhá-los. 

Tenha paciência e concentre-se no que está fazendo para modificar a situação que não está lhe agradando atualmente. 

O processo de mudança de hábitos alimentares e de vida deve ser lento e gradual para que o organismo tenha tempo suficiente de adaptação à nova realidade e consiga manter-se saudável por mais tempo.

Valorize cada conquista, revise, redefina ou determine, de tempo em tempos, novas estratégias para corrigir os equívocos.

8. Aperfeiçoe as estratégias, coloque-as em prática, treine, invista em você e verá que o emagrecimento, quando ocorre com consciência, é muito mais vantajoso e duradouro.

Fabiana dos Reis Ayres
Nutricionista
CRN2 6314
Especialista em Nutrição Clínica e Terapêutica Nutricional.
Especialista em Qualidade de alimentos
Autora do livro e cd "Lili e a alimentação saudável".
Idealizadora do Espetáculo teatral musical infantil "Lili e o desafio da pirâmide alimentar".

Publicado em 01/04/2011





Voltar





    


RS Host - Desenvolvimento de Site Grátis com Hospedagem em Porto Alegre RS